Moscou, 7 out (EFE).- O presidente russo, Dmitri Medvedev, disse que os problemas da política internacional e da crise do sistema financeiro mundial exigem ações conjuntas urgentes, em uma breve mensagem gravada em vídeo e publicada na página da Presidência russa na internet.

Medvedev informou hoje que falará da crise financeira e dos problemas de segurança no fórum europeu da cidade francesa de Evian, que terminará nesta quarta-feira, junto a seu colega francês, Nicolas Sarkozy.

O líder russo ressaltou que participam do fórum de Evian dirigentes de muitos países europeus, e por isso será importante expor a eles sua "visão e idéias sobre a solução aos problemas globais e à necessidade de respostas conjuntas às comoções econômicas".

"Chegou a hora de adotar novas decisões", disse o chefe do Kremlin, que reiterou sua iniciativa, adiantada em junho passado em Berlim, de negociar e aprovar um novo tratado europeu de segurança.

"O sistema de segurança anterior demonstrou sua eficácia quase nula; acordos existentes deixaram de corresponder à situação real no mundo, como é confirmados por fatos no Iraque, Kosovo, Cáucaso, Afeganistão e outras regiões conflituosas", indicou.

Medvedev lembrou que expôs sua iniciativa a vários líderes europeus, entre eles o presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, e a chanceler alemã, Angela Merkel, e ressaltou a necessidade de "avançar e discutir planejamentos concretos" de um futuro tratado de segurança para o continente. EFE se/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.