Problema no traje força missão fora da ISS a ser interrompida

Washington, 22 jul (EFE).- Os astronautas Dave Wolf e Chris Cassidy abortaram hoje sua terceira caminhada em torno da Estação Espacial Internacional (ISS) ao perceberem um aumento nos níveis de dióxido de carbono no traje de um deles.

EFE |

A Nasa (agência espacial americana) não informou quais foram os níveis e se o astronauta sofreu algum problema devido ao aumento de CO2.

O retorno dos astronautas ocorreu às 17h31 (Brasília), quando já haviam passado quase seis horas da terceira incursão em torno da ISS, que a previsão era de que durasse sete horas.

No entanto, segundo a Nasa, os astronautas conseguiram completar a tarefa principal da caminhada.

Wolf e Cassidy tiraram o material isolante do laboratório científico Kibo fornecido pelo Japão e deixaram prontos os equipamentos do experimento científico que será realizado no espaço exterior da nave.

Porém, não tiveram tempo para substituir quatro das seis baterias de um dos canais de transmissão de energia dos painéis solares na viga central do complexo espacial.

O comunicado da Nasa assinalou que essas baterias serão substituídas em caminhadas que serão programadas para as futuras missões de ônibus espaciais.

A quarta das cinco caminhadas previstas na missão STS-127 está prevista para sexta-feira. EFE ojl/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG