Prisioneiro sul-coreano foge da Coréia do Norte depois de 55 anos

Um prisioneiro de guerra sul-coreano conseguiu fugir da Coréia do Norte, onde estava detido há 55 anos, e espera em outro país para retornar a Coréia do Sul, anunciou um sul-coreano que organizou a fuga.

AFP |

O homem, de 78 anos, fugiu da Coréia do Norte em 14 de junho e está em um consulado sul-coreano, segundo Choi Sung-Yong.

Ele foi capturado por militares norte-coreanos em 1953, depois de ter sido ferido a tiros.

"Trabalhou como mineiro. Fugiu sozinho pela China, deixando a mulher e os filhos", disse Choi, que já organizou 10 fugas de sul-coreanos.

Segundo dados oficiais, 485 sul-coreanos, em especial pescadores, foram capturados durante a Guerra Fria, depois da Guerra da Coréia (1950-53).

Além disso, mais de 500 prisioneiros de guerra nunca foram devolvidos a Seul.

O regime de Pyongyang nega manter sul-coreanos em seu território contra a vontade dos mesmos.

Leia mais sobre: prisioneiros

    Leia tudo sobre: coréia do nortecoréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG