A presidência francesa da União Européia (UE) saudou, nesta terça-feira, a prisão do ex-chefe político sérvio-bósnio Radovan Karadzic, estimando que constitui uma etapa importante para a Sérvia no caminho da integração à UE.

"A União Européia saúda a prisão de Radovan Karadzic, acusado de genocídio, de crimes contra a humanidade e de crimes de guerra" pelo Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia (TPII), disse a presidência, em um comunicado.

"Essa evolução ilustra o compromisso do novo governo de Belgrado de contribuir para a paz e para a estabilidade na região dos Bálcãs. Trata-se de uma importante etapa no caminho da aproximação entre Sérvia e União Européia", completou o texto.

abd/LR/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.