Príncipe William se torna cavaleiro real britânico

O príncipe William, segundo na linha de sucessão da coroa britânica, recebeu nesta segunda-feira a mais alta comenda de cavalaria britânica. Em uma cerimônia no Castelo de Windsor, William recebeu da rainha Elizabeth 2ª o título de Cavaleiro Real da Ordem da Jarreteira, estabelecida pelo rei Eduardo 3º em 1348 para honrar aqueles que contribuíram à vida nacional ou serviram ao detentor da coroa.

BBC Brasil |

Com a comenda, o príncipe se tornou um dos 24 cavaleiros conhecidos oficialmente como cavaleiros-companheiros (ou damas-companheiras).

Existem 26 membros plenos da Ordem, entre eles a rainha Elizabeth 2ª e o príncipe Charles, pai de William e primeiro na linha de ascensão ao trono.

A rainha e Charles têm títulos honoríficos especiais dentro da Ordem, e a soberana pessoalmente é responsável pela indicação dos cavaleiros-companheiros.

Dom Pedro 2º
Recentemente, o número de cavaleiros-companheiros ficou reduzido com as mortes de Edmund Hillary, o primeiro alpinista a escalar o Everest, e do ex-primeiro-ministro britânico Edward Heath.

William, que se tornará o milésimo cavaleiro da Ordem da Jarreteira em todos os tempos, iniciou no mês passado um período de dois meses na Marinha britânica, depois de ter obtido o grau de oficial do Exército britânico.

O nome da Ordem é relacionado a uma liga (jarreteira) azul-escura usada na perna dos agraciados em que aparece uma frase em francês atribuída a Eduardo 3º: Honni soit qui mal y pense ("Envergonhe-se quem nisso vê malícia").

O imperador d. Pedro 2º foi agraciado com a comenda em 1871.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG