Príncipe William se afasta para continuar formação de piloto

Londres, 5 jul (EFE).- Kate Middleton, namorada do príncipe William da Inglaterra, terá que se acostumar com novos períodos de afastamento dele, que continuará no norte de Gales sua formação de piloto de operações de busca e resgate.

EFE |

William, que aprenderá a pilotar um helicóptero bimotor Griffin nas montanhas da região de Snowdonia e no Mar da Irlanda, foi informado que não terá férias durante o tempo em que ficar nessa base da Royal Air Force (RAF), informa o jornal "Mail on Sunday".

O príncipe, conhecido no Exército simplesmente como William Wales (Gales), deixará a base da RAF em Shawbury no final do mês, e se mudará para seu novo alojamento.

Atualmente, William está em uma casa particular em Shawbury com seu irmão mais novo, o príncipe Harry.

Uma fonte da RAF disse ao jornal que será um período difícil para o relacionamento entre William e Kate, porque o príncipe não terá nenhuma permissão.

"Está totalmente decidido a superar esses 18 meses de treinamento para poder ir em frente", disse a fonte, segundo a qual, a intenção de William é ir à guerra como o irmão, que esteve por algum tempo, mas de forma secreta, no Afeganistão.

Mas Kate, que tem 27 anos como William, está decidida a seguir sua vida sem se limitar a esperar pelo príncipe.

"Ela quer se dedicar à paixão pela fotografia e pensou, inclusive, em passar algum tempo nos Estados Unidos", disse ao jornal uma amiga da jovem.

Em qualquer caso, William e Kate poderão passar um fim de semana juntos na residência real de Balmoral (Escócia) no final de agosto.

Será a primeira vez que Kate é convidada a ficar no local enquanto a rainha Elizabeth II está no castelo, o que disparou os rumores no sentido de que o casal está mais próximo de anunciar o casamento. EFE jr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG