Londres - O príncipe William, segundo na linha de sucessão ao trono britânico, fez na segunda-feira uma visita surpresa ao Afeganistão, confirmou hoje um porta-voz de Clarence House.

O príncipe, que se deslocou em um avião de transporte militar da Real Força Aérea britânica (RAF), aterrissou na segunda-feira no aeroporto de Kandahar, onde passou três horas observando o trabalho das tropas britânicas antes de voltar ao Reino Unido.

William, que acaba de se formar como piloto da RAF, comandou o C-17 Globemaster em alguns momentos da viagem.

O porta-voz de Clarence House, residência oficial do príncipe Charles e de sua família, disse que o vôo, que começou no domingo na base britânica de Brize Norton e durou 30 horas, foi "um sucesso".

A viagem de William foi autorizada por seu pai, o príncipe Charles, e pela rainha Elizabeth II, sua avó, com o propósito de que "se familiarizasse com as operações da RAF na frente", segundo o porta-voz do palácio.

O príncipe Harry, filho mais novo de Charles e da princesa Diana de Gales, que morreu em 1997, voltou recentemente do Afeganistão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.