O príncipe herdeiro da Holanda, Willem-Alexander, visita Nova York nesta terça-feira para participar das cerimônias comemorativas dos 400 anos da chegada do explorador Henry Hudson a Manhattan, a bordo de um barco holandês.

Acompanhado de sua mulher, a argentina Máxima Zorreguieta, Willem foi nesta terça à Academia Militar de West Point (norte de Nova York).

As celebrações de seis dias incluem um desfile de navios de guerra da Otan, barcos mercantes holandeses, iates e uma réplica do navio "Demie Lunes", a bordo do qual viajava o navegante britânico Henry Hudson.

"A princesa Máxima e eu estamos emocionados com a acolhida que recebemos em Nova York", declarou o príncipe, em uma cerimônia presidida pelo prefeito Michael Bloomberg. "É maravilhoso encontrar ainda tantos sinais da presença holandesa na cidade", acrescentou.

Em setembro de 1609, uma expedição organizada pela Companhia das Índias Orientais descobriu a região. Em 1626, os holandeses compraram Manhattan da tribo indígena dos Lenape pelo equivalente a 24 dólares atuais.

Batizada a princípio de Nova Amsterdam, a cidade se transformou em Nova York sob a administração britânica em 1664.

mes/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.