Príncipe Harry visita Nova York para defender causas humanitárias

O príncipe Harry, terceiro na linha sucessória do trono britânico e conhecido por gostar de noitadas, iniciou nesta sexta-feira uma visita a Nova York mais dedicada às boas causas do que à diversão.

AFP |

O príncipe Harry, de 24 anos, faz a sua primeira viagem a Nova York, representando, também pela primeira vez, a família real no exterior. Ele deve visitar nesta sexta-feira a área do World Trade Center, destruído pelos atentados de 11 de setembro de 2001.

O filho do príncipe Charles e da princesa Diana vai inaugurar em seguida o Jardim Britânico de Manhattan e plantar no local uma magnólia, como parte de um projeto do prefeito da cidade, Michael Bloomberg, de tornar Nova York uma localidade mais verde por meio do plantio de mil árvores.

O príncipe, que serve no Exército britânico e foi mobilizado no Afeganistão, deverá visitar também um centro médico para ex-combatentes e o laboratório de próteses do local, além de se reunir com alguns veteranos.

No sábado, sua agenda inclui a visita a um programa de construção comunitária no bairro do Harlem e uma partida de pólo patrocinada pela empresa de champanhe Veuve Clicquot, em Governor's Island, ao sul de Manhattan. Este evento tem como objetivo arrecadar fundos para uma associação de assistência às crianças do Lesotho.

sms/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG