Um grupo de veteranos das Forças Armadas britânicas que sofreram amputações quando serviam no Afeganistão quer se tornar o primeiro de deficientes a alcançar o polo norte geográfico.

Os membros da equipe pretendem atravessar quase 500 quilômetros de montanhas geladas, enfrentando temperaturas de até -50ºC e a presença de ursos polares.

O desafio é ainda maior por causa da condição de deficientes físicos dos veteranos, mas eles já estão treinando para a expedição, que será realizada daqui a um ano.

O grupo escolheu como patrono o príncipe Harry, terceiro na linha de sucessão ao trono britânico.

Assista ao vídeo sobre a missão:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.