Príncipe Charles visita antiga capital do Japão, Nara

Tóquio, 29 out (EFE).- O príncipe Charles da Inglaterra e sua mulher Camilla Parker-Bowles, duquesa da Cornuáilia, dedicaram hoje o terceiro dia de sua viagem ao Japão a conhecer Nara, a antiga capital japonesa, onde visitaram uma gigantesca estátua de Buda, informou a agência local Kyodo.

EFE |

No templo Todai, um dos oito lugares declarados patrimônio da Humanidade pela Unesco, o casal britânico completou o ritual de todo turista de conhecer a estátua gigante de bronze de Buda do século VII, a maior do Japão.

Daibutsu, como se conhece a estátua, mede 14,98 metros de altura, dos que 5,33 metros pertencem ao rosto, e pesa cerca de 500 toneladas.

Em Todai, um dos templos mais representativos da religião budista e também o maior em tamanho do Japão, Charles e Camilla observaram, além disso, o trabalho de restauração da Casa Tesouro Shosoin.

Nara, a meia-hora de trem de Kioto, tornou-se capital do Japão por decisão da imperatriz Genmei, durante o período que se conhece com o mesmo nome da cidade e que abrange do ano 710 ao 784.

Está previsto que o príncipe Charles jante esta noite em Tóquio com o primeiro-ministro japonês, Taro Aso.

Charles e Camilla chegaram nesta segunda-feira ao Japão, na primeira visita do herdeiro do trono britânico em 18 anos.

A viagem de cinco dias, que celebra os 150 anos de um tratado de amizade e comércio entre os dois países, inclui um jantar com o imperador Akihito e sua mulher, Michiko, e viagens a Nagano e Osaka.

O príncipe Charles visitou o Japão pela última vez em 1990, junto com sua então esposa, a princesa Diana de Gales (1961-1997), quando representou a rainha Elizabeth II na coroação do imperador Akihito.

Camilla nunca tinha visitado Japão em viagem oficial anteriormente. EFE psh/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG