Principal testemunha no processo contra Olmert é interrogado pela defesa

Jerusalém, 17 jul (EFE).- O empresário americano Morris Talansky, principal testemunha na investigação por acusações de suborno contra o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, está sendo interrogado hoje pelos advogados da defesa.

EFE |

Talansky, que disse no mês passado, ao ser interrogado pela Promotoria, ter entregue ao longo de 15 anos grandes somas de dinheiro ao atual chefe do Governo israelense, se apresentou hoje no Tribunal de Distrito de Jerusalém, onde, neste momento, responde às perguntas de Eli Zohar, advogado de Olmert.

O interrogatório deve durar os próximos cinco dias, informou o jornal "Yedioth Ahronoth" em sua versão on-line.

O primeiro-ministro israelense reiterou várias vezes sua inocência, e garantiu que este interrogatório esclarecerá todas as dúvidas contra ele que surgiram nos últimos meses.

Na sexta-feira passada, detetives da União Nacional de Fraude interrogaram Olmert em sua residência oficial pela terceira vez em referência a este caso, mas a Promotoria não apresentou ainda uma ata de acusação.

Naquele mesmo dia foi divulgado que, além de estar sendo investigado em relação ao dinheiro que teria recebido ilegalmente de Talansky, Olmert também é suspeito de fraude por supostas irregularidades em solicitações de financiamento público a diferentes organismos e instituições, que lhe pagaram várias viagens de forma simultânea. EFE aca/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG