Principal sindicato da Costa Rica pede que Obama retome TLC

San José, 5 nov (EFE).- A Associação Nacional de Empregados Públicos e Privados (Anep), principal sindicato da Costa Rica, manifestou hoje sua esperança de que o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, renegocie o Tratado de Livre-Comércio (TLC).

EFE |

"No caso da Costa Rica, a chegada do senhor Obama à Presidência dos EUA abre espaço para renegociação do TLC, não somente nos capítulos laboral e ambiental, como ele já adiantou, mas em outros âmbitos", indicou a Anep em comunicado.

Em 2004, Estados Unidos, América Central e República Dominicana assinaram um TLC que já está vigente em todos os países, com exceção da Costa Rica, onde o Congresso ainda não aprovou todas as leis necessárias para pôr o acordo em prática.

O sindicato assinalou que a mensagem de Obama atinge de forma profunda a "classe trabalhadora" que "foi duramente castigada pelo neoliberalismo extremista e militarista do completamente desprestigiado presidente George W. Bush". EFE dmm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG