Principal rival admite vitória de trabalhista na eleição da Irlanda

Sean Gallagher telefonou a Michael D. Higgins agradecendo-o pela 'campanha positiva' e parabenizando-o pelo sucesso nas urnas

iG São Paulo |

Um ex-ministro da Cultura de esquerda está próximo de ser eleito presidente da Irlanda nesta sexta-feira, derrotando um ex-comandante do Exército Republicano Irlandês (IRA) e uma estrela de reality-show, segundo resultados preliminares.

AP
Michael D. Higgins acena de seu carro depois de votar na escola St. James, em Galway, Irlanda

Michael D. Higgins, 70 anos, defensor dos direitos dos palestinos e membro do Partido Trabalhista, parceiro da coalizão do governo, estava à frente na maioria das contagens de votos em todo o país, disse a emissora estatal RTE, com cerca de 40% dos votos.

Os resultados indicavam que o candidato independente Sean Gallagher, um empresário que ganhou fama em um reality-show, não conseguiu se recuperar de um escândalo depois que uma pesquisa de opinião o colocava 15 pontos na liderança.

Ele admitiu a derrota nesta sexta-feira. "Eu telefonei para Michael Higgins e o parabenizei por sua performance e seu sucesso nas urnas", disse em comunicado. "Ele terá meu apoio como presidente e eu o agradeço sinceramente pela campanha positiva."

A revelação da ligação de Gallagher com o Fianna Fail, o partido responsável pelo colapso econômico irlandês, fez os apostadores colocarem Higgins como o favorito.

Semanas de trocas de farpas entre os sete candidatos que disputavam o cargo distraíram a Irlanda de sua crise financeira. Mas também levantaram sérias questões sobre o papel do partido Sinn Fein, aliado do IRA, na política e sobre o tamanho do apoio ao partido Fine Gael, de centro-direita, que chegou ao poder em fevereiro.

Martin McGuinness, do Sinn Fein, deve ficar em terceiro lugar, enquanto a ex-competidora de um reality-show musical da Eurovision, Dana, terminará em último. McGuinness telefonou para Higgins. "Ele será um bom presidente e eu espero tudo de bom para ele nos próximos sete anos", disse. "Eu estou contente com os votos que recebi. Minha mensagem de liderança positiva, patriotismo e compromisso claraente ressoou em centenas de irlandeses."

"Está muito claro que teremos um presidente Michael D. Higgins", afirmou David Norris, um ativista dos direitos homossexuais que disse esperar ficar em terceiro ou quarto lugar na votação.

Havia sete candidatos na corrida presidencial para substituir Mary McAleese, que esteve no governo desde 1997.

Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: irlandapresidenteeleiçãohigginsgallaghervotação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG