Principal base da Al Qaeda no Ocidente fica no R.Unido, dizem EUA

Londres, 16 jan (EFE).- O Reino Unido tem o maior número de radicais ligados à Al Qaeda em todo o mundo ocidental, o que faz do país uma grave ameaça à segurança internacional, segundo fontes do Governo americano citadas pela edição de hoje do jornal britânico The Daily Telegraph.

EFE |

A publicação destaca que, de acordo com estas fontes, grupos terroristas estão utilizando o Reino Unido como suporte para o planejamento de atentados no mundo todo.

O "Daily Telegraph" diz ainda que, em Washington, as autoridades americanas consideram um fracasso o trabalho do Governo britânico no combate à ameaça representada pelos extremistas islâmicos que vivem no Reino Unido.

"O Reino Unido tem a maior concentração de seguidores ativos da Al Qaeda de qualquer país ocidental", afirmou ao "Daily Telegraph" um figurão da política americana não identificado.

Segundo esta fonte, a ameaça potencial representada pela Al Qaeda não diz respeito apenas ao Reino Unido, "mas (também) ao resto do mundo". EFE fpb/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG