O principal aliado cristão do Hezbollah na coalizão pró-Irã admitiu a derrota nas eleições libanesas deste domingo para a coalizão apoiada pelo Ocidente.

"A votação aponta para uma vitória da coalizão 14 de Março, e mostra também a derrota dos libaneses que tinham esperança de mudanças neste país", declarou Michel de Chadarevian, membro do Movimento Patriótico Livre, liderado pelo ex-general Michel Aoun.

jz/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.