Principais pontos da reforma da saúde aprovada no Senado dos EUA

Os principais pontos de reforma da saúde aprovada nesta quinta-feira pelo Senado americano são destinados a dar cobertura médica a 31 dos 36 milhões de americanos que não a possuem. A reforma do sistema de saúde pública tem custo estimado em 871 bilhões de dólares, tendo sido uma das promessas de campanha do presidente Barack Obama.

AFP |

O texto aprovado pelo Senado propõe a criação de um sistema extensivo de créditos fiscais para pessoas de renda média e baixa, permitindo a compra de seguros de saúde a partir de 2014.

A partir daí, todas as pessoas físicas terão de ter seguro, bem como todas as empresas, com exceção das pequenas.

- No total, 94% dos americanos com menos de 65 anos terão acesso à iniciativa. Os mais velhos já são assistidos por um seguro médico federal: o Medicare.

- Os planos de saúde não poderão rejeitar a assistência sob o pretexto de problemas de saúde preexistentes.

- Os filhos poderão se beneficiar do seguro de seus pais até os 26 anos.

- O texto da reforma do sistema de saúde aprovado pela Câmara, no dia 7 de novembro, inclui itens mais polêmicos que foram vetados no Senado, como a criação de um plano público de saúde para competir com o setor privado.

- De acordo com o texto aprovado, 94% dos americanos com menos de 65 anos ficarão cobertos.

- Serão criadas apólices de seguros para promover a concorrência e a liberdade de opção, e para fazer baixar os preços.

- Os trabalhadores com renda menor poderão beneficiar-se de subvenções do Estado federal.

Os senadores democratas esperam que o texto esteja finalizado antes do discurso do presidente sobre o Estado da União, no fim de janeiro ou início de fevereiro.

No entender o presidente Barack Obama , o projeto conta com as medidas necessárias "para a redução dos custos para empresas, famílias e Estado".

Entre essas, Obama citou a economia de mais de 1 trilhão de dólares em 20 anos, a extensão da cobertura médica e a concessão de isenções fiscais a pequenas empresas.

emp-ok/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG