Principais líderes mundiais assistirão ao enterro de Kaczynski

Varsóvia, 14 abr (EFE).- Os principais líderes mundiais, entre eles o presidente americano Barack Obama, e o da Rússia, Dmitri Medvedev, assistirão no domingo na Cracóvia ao enterro do chefe de Estado polonês, Lech Kaczynski, e sua esposa, Maria, confirmou hoje o porta-voz do Ministério de Exteriores polonês, Piotr Paszkowski.

EFE |

Paszkowski acrescentou que não espera representação estrangeira no ato de homenagem às 96 vítimas da tragédia aérea de Smolensk que ocorrerá um dia antes em Varsóvia.

Outros líderes mundiais que confirmaram presença nos funerais do casal Kaczynski são a chanceler alemã, Angela Merkel, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o chefe do Governo espanhol, José Luís Rodríguez Zapatero.

Anteriomente, o prefeito da Cracóvia, Jacek Majchrowski, afirmou que sua cidade está preparada para receber aos chefes de Estado e de Governo que assistam à cerimônia.

Lech Kaczynski e sua esposa serão enterrados no histórico castelo de Wawel, onde repousam os restos de 20 monarcas poloneses, entre eles Jan Sobieski III, o rei que freou em Viena o avanço turco sobre a Europa em 1683, e outros grandes personagens da história da Polônia.

A decisão que o corpo do presidente e de sua esposa descansem neste local gera polêmica, e ontem à noite centenas de cidadãos protestaram contra essa decisão.

"Queremos um plebiscito para decidir se o presidente Kaczynski deve ser enterrado neste lugar", pediram os cracovianos, fundamentalmente jovens, que impunham cartazes contra a decisão.

Para alguns cidadãos, Kaczynski, político controvertido tachado de eurocético, homófobo e ultranacionalista, não reúne as qualidades para descansar em um lugar que é sagrado para o povo polonês. EFE nt-jcb/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG