Principais atentados na Índia desde os ataques de Mumbai de 1993

Nova Délhi, 13 mai (EFE) - Desde que em 1993 uma série de explosões causou a morte de 257 pessoas e deixou quase mil feridos na cidade financeira de Mumbai, a Índia sofreu muitos atentados de grupos fundamentalistas e separatistas. O último deles aconteceu hoje na cidade de Jaipur (norte), capital do estado de Rajasthan, onde pelo menos 50 pessoas morreram em várias explosões. Estes foram os principais atentados cometidos desde 1993: - 12 mar 1993. Uma série de bombas colocadas por terroristas islâmicos em pontos estratégicos de Mumbai, como o edifício da Bolsa de Valores, hotéis e mercados populosos, mata 257 pessoas e deixa mil feridos.

EFE |

- 2 julho 1999. Setenta pessoas morrem na explosão de uma bomba que foi detonada quando dois trens passavam pela estação ferroviária de Gaisan, no estado de Assam (nordeste).

- 11 novembro 1999. Onze pessoas morrem e 108 ficam feridas na explosão de uma bomba em um trem de passageiros na região indiana da Caxemira.

- 1º outubro 2001. Um ataque suicida atribuído ao grupo islâmico Jaish-e-Mohammed (Exército de Mohammed) contra o Parlamento regional da Caxemira deixa oito mortos e 70 feridos.

- 18 novembro 2002. Trinta pessoas morrem na região de Andhra Pradesh (sul) quando um ônibus passou sobre uma mina, em um ataque atribuído ao Grupo Guerrilheiro Popular.

- 24 março 2003. Vinte e quatro hindus morrem em Nadimarg, na Caxemira indiana, em um ataque que teria sido cometido por separatistas islâmicos.

- 25 agosto 2003: Cinqüenta e duas pessoas morrem e 15 ficam feridas na cidade financeira de Mumbai pela explosão de duas bombas em táxis em um mercado popular e no monumento Portão da Índia.

- 23 maio 2004: Pelo menos 33 pessoas morrem, entre soldados e parentes, em um atentado contra um ônibus militar no estado indiano da Caxemira.

- 29 outubro 2005: O grupo separatista caxemiriano Lashkar-e-Taiba (LeT) coloca três bombas em zonas populosas de Nova Délhi, a capital indiana, que causam a morte de 62 pessoas e deixam 155 feridos.

- 28 fevereiro 2006: Pelo menos 20 pessoas morrem e cem ficam feridas em um atentado de supostos rebeldes maoístas no estado de Chattisgarh, no centro do país.

- 11 julho 2006: Sete explosões quase simultâneas deixam 185 mortos e 700 feridos em vagões de primeira classe de trens suburbanos lotados de trabalhadores em Mumbai, em um atentado atribuído ao LeT.

- 8 setembro 2006. Pelo menos 31 pessoas morrem na explosão de uma bomba perto de uma mesquita no estado indiano de Maharashtra.

- 19 fevereiro 2007. Sessenta e seis pessoas morrem e mais de 60 ficam feridas em decorrência da explosão de duas bombas em um trem que liga Índia com o Paquistão.

- 18 maio 2007 - Pelo menos cinco mortos e 25 feridos na explosão de uma bomba em uma mesquita da cidade de Hyderabad, no sul da Índia.

- 26 maio 2007 - Sete pessoas morrem e 30 ficam feridas na explosão de uma bomba em uma área comercial da cidade de Guwahati, a principal da região de Assam.

- 25 ago 2007.- Pelo menos 30 mortos e 60 feridos na explosão de duas bombas na cidade de Hyderabad, no sul da Índia.

- 13 mai 2008.- Pelo menos 50 pessoas morrem e cem ficam feridas em uma série de explosões registradas na cidade turística de Jaipur, no norte da Índia. EFE jlc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG