Uma turista francesa morreu e outras 16 pessoas ficaram feridas neste domingo na explosão de uma bomba perto de um café na área turística do bazar de Khan al-Khalil, no Cairo.

Segue a lista dos principais ataques contra locais turísticos no Egito:

-- 1993 --

- 26 out: Dois americanos, um francês e um italiano são mortos e outros dois turistas feridos no hotel Semiramis no Cairo por um homem apresentado pela polícia como um doente mental e por testemunhas como um islamita radical.

-- 1994 --

- 4 mar: A Jamaa Islamiya reivindica um atentado contra um barco de cruzeiro no Nilo. Uma turista alemã, gravemente ferida, morre em 17 de março.

- 27 set: Dois alemães e dois egípcios são mortos em Hourghada, no Mar Vermelho. Dois militantes da Jamaa Islamiya são enforcados em 1995 por esse atentado.

-- 1996 --

- 18 abr: Dezoito turistas gregos são mortos e outros 14 feridos num atentado diante do hotel Europa, perto das pirâmides de Gizé, reivindicado pela Jamaa Islamiya contra "turistas judeus".

-- 1997 --

- 18 set: Dez pessoas, sendo nove alemães e um egípcio, são mortas num atentado contra um ônibus de turistas diante do museu de Cairo.

- 17 nov: Sessenta e duas pessoas, entre as quais 58 turistas (a maioria suíços e japones) são mortos em Luxor, num atentado reivindicado pela Jamaa Islamiya. O ataque, cometido com metralhadora e facas, aconteceu diante do templo de Hatchepsout, segundo testemunhas.

-- 2004 --

- 7 out: Trinta e quatro pessoas, entre elas turistas israelenses, são mortas e 105 ficam feridas num triplo atentado perpetrado no Sinai contra o hotel Hilton de Taba (na fronteira entre Israel e Egito) e contra dois estabelecimentos de Nueiba (470 km ao sudeste do Cairo).

-- 2005 --

- 7 abr: Dois turistas franceses e um americano, além do camicase, morrem num atentado suicida no bazar de Khan al-Khalili, no Cairo.

- 23 jul: Mais de 70 mortos, entre eles muitos ocidentais, numa série de ataques no balneário de Sharm el-Sheikh, no Mar Vermelho.

Quatro grupos islâmicos reivindicam os atentados, entre eles o "Al-Tawhid wal Jihad", influenciado por Osama bin Laden e que será acusado em março de 2006 pela justiça egípcia de ser o responsável pelos atentados de Taba e Sharm el-Sheikh.

-- 2006 --

- 24 de abril: 20 mortos, entre eles turistas estrangeiros, e 62 feridos em um triplo atentado em Dahab, no Sinai. As autoridades egípcias atribuem o ataque ao grupo islâmico Al Tawhid wal Yihad.

fm/yw/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.