Princesa Victoria da Suécia anuncia casamento com personal trainer

A Corte Real da Suécia anunciou na terça-feira que a princesa Victoria, herdeira do trono, vai se casar com seu antigo personal trainer, Daniel Westling. A união está prevista para ocorrer em meados de 2010.

BBC Brasil |

Os dois se conheceram em 2002, quando ele foi contratado para ser seu personal trainer em uma academia. Na época, Victoria vinha tentando combater distúrbios de alimentação.

"Com Daniel ao meu lado, eu me sinto segura", disse a princesa em um vídeo divulgado pela família real para o anúncio do noivado. "Vocês provavelmente perceberam que nos últimos anos estou mais forte e mais feliz."
"Agora chegou a hora de preparar o início de algo que será só nosso e de começar nossa própria família", declarou Victoria.

Westling, de 35 anos, nasceu e cresceu em um vilarejo do interior da Suécia. Hoje é dono de uma rede de academias de ginástica.

Depois do casamento, ele ganhará o título de príncipe-consorte Daniel, duque de V¤sterg¶tland.

No vídeo divulgado pela família real, o empresário diz que seu papel principal será o de dar apoio à princesa, mas que espera um dia poder cumprir sua função de representante do Estado.

"Farei tudo que puder para cumprir as expectativas", afirmou.

Mais velha de três irmãos, Victoria, de 31 anos, é a primeira na linha de sucessão ao trono da Suécia, hoje ocupado por seu pai, o rei Carl Gustaf.

A mãe de Victoria, a rainha Silvia, é filha de uma brasileira e chegou a morar em São Paulo na infância.

Conforme determina a Constituição sueca, o rei teve de pedir a aprovação dos ministros do governo para o casamento.

A monarquia sueca não tem poder político, mas os monarcas representam o país e recebem dignatários estrangeiros.

Segundo o jornal online sueco Stockholm News, a expectativa é de que o casamento gere um grande faturamento para a economia do país.

Analistas da Federação Sueca de Comércio disseram ao jornal que apenas a venda de produtos relacionados ao casamento na época da cerimônia deve render 2,5 bilhões de coroas suecas (quase R$ 680 milhões).

Especialistas em hotelaria e restauração também estão animados com a notícia do casamento, segundo o jornal.

Eles esperam até 12 mil turistas a mais em Estocolmo na semana da festa, o que poderia render a indústria cerca de 200 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 54 milhões).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG