A polícia italiana está investigando o roubo de cerca de US$ 16 milhões (R$ 30 milhões) em dinheiro e joias que pertenciam a uma princesa saudita, em férias na Sardenha. Os ladrões usaram uma chave-mestra para entrar no quarto do hotel de luxo, em Porto Cervo, onde ela estava hospedada.

Depois, eles teriam arrancado o cofre da parede, segundo relatos da mídia italiana.

O cofre só estaria preso por silicone à parede, o que teria facilitado o trabalho dos ladrões.

"Em dez minutos, na hora do jantar, sem fazer barulho algum, eles conseguiram remover o cofre de uma suíte ocupada pela princesa saudita", disse o jornal La Stampa.

As autoridades não divulgaram o nome da princesa, mas disseram que diplomatas sauditas e italianos já tiveram conversas sobre o incidente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.