Primogênito de Kim Jong-il acredita que mais novo será sucessor

Tóquio - O filho mais velho do líder norte-coreano, Kim Jong-il, acredita que as informações sobre a sucessão na Coreia do Norte estão certas e que seu irmão mais novo herdará o poder.

EFE |

Kim Jong-nam, de 38 anos, afirmou em entrevista à emissora japonesa "Asahi TV", concedida em Macau (China), que a possível escolha de seu irmão mais novo, Kim Jong-un, como sucessor à frente de regime comunista é uma decisão de seu pai que deve ser apoiada.

O filho mais velho do líder norte-coreano, que caiu em desgraça após ser descoberto no Japão com um visto falso, espera que seu irmão "faça tudo para melhorar a vida e a felicidade do povo da Coreia do Norte", e acrescentou que é "muito querido" por Kim Jong-il.

Kim Jong-nam é o mais velho dos três filhos do líder norte-coreano, nascido da primeira esposa de Kim Jong-il. O possível sucessor é fruto de seu segundo casamento.

O primogênito de Kim Jong-il não quis detalhar na entrevista que relação tem com seu irmão, e disse que não está "interessado pessoalmente na sucessão", pois não gosta de se envolver com a política.

Segundo fontes da espionagem sul-coreana, a Coreia do Norte comunicou recentemente a suas principais instituições políticas e suas legações diplomáticas que Kim Jong-un, de 26 anos, foi escolhido para suceder seu pai, de 67 anos.

Pyongyang pediu lealdade ao herdeiro da dinastia comunista norte-coreana, o que poderia ser uma indicação de que passou a fazer parte da linha sucessória.

Kim Jong-un é fruto do casamento do líder norte-coreano com Ko Young-hee, que morreu em 2004, e foi educado na Suíça.

Mais jovem dos três filhos do governante norte-coreano, Kim Jong-un está há muito tempo no ponto de mira como possível sucessor de seu pai, depois das especulações de que Kim Jong-il sofreu em agosto do ano passado um derrame cerebral.

Kim Jong-il é filho do fundador da Coreia do Norte, Kim Il-sung, morto em 1994 e que o havia nomeado sucessor quando tinha 65 anos.

Leia mais sobre: Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coréia do norte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG