Primeiros corpos do voo AF 447 chegam a Fernando de Noronha

Os primeiros oito corpos encontrados no oceano Atlântico nas operações de busca do acidente com o Airbus A330 da Air France chegaram nesta terça-feira ao arquipélago de Fernando de Noronha, onde serão submetidos aos primeiros trabalhos de identificação.

AFP |

Um segundo grupo de oito corpos já está a caminho do arquipélago, de acordo com a Força Aérea e a Marinha.

Um helicóptero Black Hawk e um Superpuma foram mobilizados para fazer a ponte entre a fragata 'Constituição', que trouxe os corpos da área de busca de onde foram resgatados, até Fernando de Noronha. O navio, que transportou 16 dos 24 corpos localizados até agora, atracou a 54 quilômetros do arquipélago, segundo fontes militares.

O primeiro dos dois helicópteros pousou às 09H55.

A tripulação do helicóptero, utilizando máscaras cirúrgicas e luvas, entregou os corpos ao pessoal de terra, que os transportou para a câmara frigorífica da base.

Uma estrutura foi montada em Noronha para que peritos da Polícia Federal iniciem os trabalhos de identificação.

Oito legistas realizarão exames preliminares de identificação dos corpos, em um processo que será concluído posteriormente, quando os corpos forem finalmente transferidos de avião para Recife, onde um centro especial foi montado pelas autoridades brasileiras.

A previsão é de que os corpos resgatados permaneçam no arquipélago por no máximo um dia antes de seguir para Recife.

Um oficial da Força Aérea indicou à AFP que outros oito corpos estão "em outro navio brasileiro, no oceano, e devem ser levados nas próximas horas por outra fragata (a 'Bosisio') para Fernando de Noronha, pois não é necessário que a 'Constituição' volte para buscá-lo, o que economiza tempo".

A prioridade dos trabalhos de resgate da Marinha e da FAB continuam sendo os corpos das vítimas da tragédia. Estão mobilizadas na operação 14 aeronaves (duas francesas) e seis navios (cinco brasileiros e um francês), que estão atuando na área de buscas a mais de 1.000 quilômetros da costa brasileira.

llu/ap/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG