Primeiro-ministro tcheco apresenta renúncia do governo

O primeiro-ministro tcheco, Mirek Topolanek, apresentou nesta quinta-feira em Praga a renúncia de seu governo de centro-direita ao presidente Vlaclaus Klaus, depois da aprovação de uma moção de censura no Parlamento, no momentos em que Praga preside a UE.

AFP |

"Eu aceito, com certeza", declarou Klaus, antes de uma reunião com o próprio Topolanek.

Na sexta-feira, o chefe de Estado tcheco receberá os dirigentes dos principais partidos políticos, o socialdemocrata Jiri Parubek (CSSD) e o cristão-democrata (KDU-CSL) Jiri Cunek, para iniciar consultas sobre a formação do próximo governo.

Topolanek, que preside o Partido Democrático Cívico (ODS), a principal formação parlamentar desde as eleições legislativas de junho de 2006, espera voltar a formar um governo, apesar de ter admitido que será muito difícil encontrar uma maioria dentro da câmara baixa muito dividida.

jma/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG