Primeiro-ministro polonês se reunirá em Smolensk com Putin

Moscou, 10 mar (EFE).- O chefe do Governo russo, Vladimir Putin, anunciou que receberá seu colega polonês, Donald Tusk, no local onde ocorreu hoje a catástrofe aérea que acabou matando o presidente da Polônia, Lech Kaczynski, na cidade russa de Smolensk.

EFE |

"O primeiro-ministro polonês expressou o desejo de ir ao local da tragédia. O receberei e iremos juntos ao local da catástrofe", disse Putin durante uma reunião com o presidente russo, Dmitri Medvedev.

Putin não detalhou se irão hoje à cidade de Smolensk, perto da fronteira com Belarus, onde ocorreu o acidente aéreo.

Na catástrofe do avião presidencial morreram 96 pessoas, das quais os 88 integrantes da comitiva oficial da Polônia liderada por Kaczynski, que viajava à Rússia para prestar homenagem aos milhares de poloneses massacrados pelo stalinismo.

Putin disse que os corpos das vítimas deste acidente serão transferidos para Moscou, de onde o Governo e a Prefeitura da capital farão "todo o necessário para receber os familiares" que viajarem a partir da Polônia. EFE se/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG