Primeiro-ministro paquistanês escapa ileso de atentado

Islamabad, 3 set (EFE).- O primeiro-ministro paquistanês, Yousaf Raza Gillani, saiu ileso hoje de um ataque contra seu veículo, que foi atingido por pelo menos dois tiros, na cidade de Rawalpindi, perto de Islamabad, informou à Agência Efe uma fonte oficial.

EFE |

Shahid Bashir, porta-voz do escritório do premiê, disse que Gillani estava a caminho de sua residência, na capital, vindo do aeroporto Benazir Bhutto em Rawalpindi, quando o veículo foi baleado na rodovia de Islamabad.

"O primeiro-ministro e o resto do pessoal estão a salvo", acrescentou a fonte à Efe.

Em comunicado, o escritório do primeiro-ministro afirmou que, "dos vários disparos de um franco-atirador contra o veículo do primeiro-ministro, dois atingiram a janela do lado do motorista (o direito, no Paquistão)".

Segundo a nota, "devido às fortes medidas de segurança" do comboio em que viajava o primeiro-ministro, todas os ocupantes "saíram ilesos".

Nas imagens divulgadas pela televisão estatal, é possível ver as marcas de duas balas na janela direita da parte dianteira do automóvel.

Os talibãs paquistaneses tinham ameaçado recentemente cometer um grande atentado na capital, mas, por enquanto, nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque.

O Governo ordenou o início de uma investigação de alto nível para esclarecer o ocorrido, e as forças de segurança estão trabalhando para encontrar os culpados, segundo o comunicado.

O ataque ocorre a três dias da votação presidencial para escolher o sucessor de Pervez Musharraf. EFE igb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG