Beirute, 1 abr (EFE).- O primeiro-ministro libanês, Fouad Siniora, criticou hoje Israel por sua intenção de construir novos assentamentos na Cisjordânia e Jerusalém para acabar com sua identidade árabe, informa a Agência Nacional de Notícias (ANN).

"Condeno em meu nome e no do Governo libanês esta ação de colonização, que demonstra que Israel não mudou de método nem de objetivo, que é eliminar a identidade árabe e palestina" da Cisjordânia e Jerusalém, disse o primeiro-ministro.

Para Siniora, Israel "não deseja dar um passo rumo à paz", por isto quando fala da mesma se trata de um "engano".

"Ao mesmo tempo em que Israel viola todos os dias os direitos árabes e do povo palestino, fala de paz", acrescentou Siniora, para quem a continuação desta política marginaliza as forças árabes moderadas que agem pela paz. EFE ks/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.