Tóquio, 27 abr (EFE).- O primeiro-ministro do Japão, Yasuo Fukuda, chegou hoje a Tóquio vindo da Rússia onde acertou com o presidente russo, Vladimir Putin, continuar as conversas sobre a disputa territorial das Ilhas Curilas.

Segundo a agência local de notícias "Kyodo", Fukuda chegou ao meio-dia ao aeroporto de Haneda, perto de Tóquio, após ter realizado uma visita oficial de dois dias à Rússia, durante a qual se reuniu separadamente com Putin, e com o presidente russo eleito, Dmitri Medvedev.

Além da disputa sobre as ilhas Curilas, Fukuda e Putin acordaram elevar suas relações bilaterais a uma "dimensão mais elevada" e estabelecer um projeto conjunto para a prospecção de novos poços de petróleo na Sibéria Oriental.

As ilhas Curilas, conhecidas no Japão como os Territórios do Norte, impediram que o Japão e Rússia assinassem um tratado de paz para colcoar um ponto final oficial à Segunda Guerra Mundial.

A Rússia deseja a contribuição japonesa em forma de investimento para desenvolver o remoto leste de seu país e para melhorar sua eficiência energética.

Por sua parte, o Japão deseja a provisão de petróleo russo para diversificar a origem de suas importações, até agora muito dependentes dos recursos do Oriente Médio. EFE icr/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.