Tamanho do texto

O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, é suspeito de corrupção, confirmou agora à noite o ministério da Justiça em comunicado.

Segundo a nota, Olmert recebeu durante um longo período "somas importantes" de dinheiro "não autorizadas" por parte do empresário americano Morris Talansky quando "era prefeito de Jerusalém e ministro da Indústria e Comércio".

ms-pa/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.