Primeiro-ministro indiano vai se dirigir à nação

O primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, deve se dirigir à nação nesta quinta-feira em função dos ataques que mataram mais de 100 pessoas em Mumbai, a capital econômica da Índia.

AFP |

Homens com granadas e armas automáticas atacaram na noite de quarta-feira dois hotéis cinco estrelas e uma estação de trem.

Entre 40 e 50 pessoas permanecem presas no Taj Mahal Hotel, onde são ouvidos tiros esporádicos, de acordo com o major R.R. Hooda, comandante do Exército nos estados de Maharashtra, Goa e Gujarat.

No hotel Trident não existe um número oficial de reféns, mas a imprensa afirma que sete ou oito pessoas permanecem sob poder dos terroristas.

sal-phz/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG