LIMA (Reuters) - O primeiro-ministro do Peru, Yehude Simon, disse nesta sexta-feira que vai deixar o cargo na próxima semana, após os conflitos do mês passado na Amazônia que deixaram ao menos 34 mortos. Antes de sair na próxima semana, eu espero apresentar um relatório à imprensa, disse Simon a repórteres.

Essa foi a primeira vez que o primeiro-ministro definiu uma data para deixar o cargo.

(Reportagem de Marco Aquino)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.