Primeiro-ministro do Curdistão vai a Bagdá falar sobre receita do petróleo

Bagdá, 23 jun (EFE).- O primeiro-ministro da região autônoma do Curdistão iraquiano, Nechervan Barzani, está em Bagdá para abordar com o Executivo central a repartição da receita gerada pelo petróleo nessa região do norte do país, informou hoje a imprensa iraquiana.

EFE |

Segundo Falah Mustafa, porta-voz de relações exteriores do Governo autônomo do Curdistão, Barzani tratará sobre os contratos de petróleo e gás que as autoridades curdas assinaram na província de Erbil, assim como das concessões de explorações de petróleo a companhias estrangeiras.

Bagdá protestou em diversas ocasiões pelos contratos assinados o ano passado entre o Governo do Curdistão e empresas multinacionais para a perfuração e exploração de poços sem o conhecimento do primeiro-ministro, Nouri al-Maliki, por isso que declarou tais contratos "nulos e vazios".

"As reuniões de Barzani em Bagdá abordarão principalmente a percentagem da receita do petróleo que ficará com o Governo curdo", disse Mustafa ao jornal governista "Al Sabah".

Estas reuniões chegam no meio dos preparativos de uma nova lei sobre recursos naturais, pela qual as companhias estrangeiras poderão participar de todas as fases da indústria do petróleo. EFE am-nq-er/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG