Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Primeiro-ministro da RDC renuncia por motivos de saúde

Kinshasa, 25 set (EFE).- O primeiro-ministro da República Democrática do Congo (RDC), Antoine Gizenga, anunciou hoje sua renúncia, por motivos de saúde, em uma declaração emitida pela RTNC.

EFE |

"Para qualquer homem, embora o espírito possa estar sadio e alerta, o corpo físico tem alguns limites que devem ser levados em conta", declarou em sua mensagem Gizenga, de 83 anos de idade, que afirmou que já enviou sua carta de renúncia ao presidente, Laurent Kabila.

O político, que foi nomeado por Kabila primeiro-ministro em 2006, disse: "Após meio século dedicado à luta pela causa nacional e mais de 600 dias no cargo de chefe do Governo, decidi apresentar minha renúncia ao Presidente da República".

Gizenga admitiu que o país, no qual os confrontos armados entre tropas governamentais e guerrilha continuam sendo freqüentes, apesar da presença de "capacetes azuis" da ONU, "atravessa graves dificuldades", embora tenha assegurado que começa a acontecer melhoras.

"É necessário resistir e avançar com determinação", declarou o veterano político, que Kabila deverá substituir em breve. EFE py/fal

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG