Primeiro-ministro da Finlândia deixará o Governo no próximo verão

Helsinque, 29 dez (EFE).- O primeiro-ministro da Finlândia, Matti Vanhanen, anunciou hoje que não concorrerá à reeleição como líder do Partido do Centro no congresso que vai realizar sua formação política no próximo verão, e afirmou que cederá a Chefia do Governo a seu sucessor.

EFE |

Em entrevista coletiva, Vanhanen explicou que sua decisão se deve as razões de saúde, já que deve operar as pernas no próximo outono por um problema nas articulações, o que ajudará um longo período de reabilitação.

Vanhanen afirmou que só continuará como primeiro-ministro no caso de o novo presidente do Partido do Centro renuncie a assumir também a Chefia do Governo até as eleições gerais, previstas para a primavera de 2011.

O líder finlandês disse que há outros motivos para a renúncia, ma não quis detalhar.

"Não existe uma única razão. Considero que agora é o momento adequado para mudar o líder do meu partido", afirmou à imprensa.

Vanhanen chegou à Chefia do Governo finlandês em 2003, em substituição a então primeira-ministra, Anneli Jäätteenmäki, quem foi obrigada a renunciar por ter utilizado informação secreta sobre a Guerra do Iraque para ganhar as eleições. EFE Jg/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG