Primeiro-ministro britânico viaja ao Afeganistão para dar apoio às tropas

CAMP BASTION, Afeganistão (Reuters) - O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, voou ao Afeganistão neste sábado para uma área recentemente retirada do controle do Taliban, em meio à crescente controvérsia sobre as condições das forças britânicas no país. Com eleições daqui a menos de três meses, um debate feroz está dominando a Grã-Bretanha sobre se as forças nacionais estão apropriadamente equipadas para lutar as guerras do Iraque e do Afeganistão.

Reuters |

No Afeganistão, Brown disse a soldados britânicos na cidade de Laskhar Gah que o governo faria todo o possível para apoiá-los com o equipamento necessário e com os recursos que eles precisam.

Ele visitou as tropas britânicas em duas bases de linha de frente no sul do Afeganistão para agradecê-los pelo seu papel em uma grande ofensiva contra insurgentes do Taliban, há três semanas.

"É realmente importante chegar a esse lugar e ver que progresso foi feito nessa primeira operação sob uma nova fase de ação no Afeganistão", disse Brown a jornalistas ao chegar a Camp Bastion, uma base militar na província de Helmand, no sul do país.

Forças dos Estados Unidos, da Grã-Bretanha e do Afeganistão participaram da Operação Mushtarak, um dos primeiros grandes testes do plano do presidente norte-americano, Barack Obama, de acrescentar 30 mil tropas para ganhar controle das zonas de domínio do Taliban.

(Reportagem de Adrian Croft)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG