nova ordem mundial depois da crise - Mundo - iG" /

Primeiro-ministro britânico vê nova ordem mundial depois da crise

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, disse nesta segunda-feira que a crise financeira não deve servir como desculpa para que os países recorram ao protecionismo - ao contrário, deve ser vista como um parto difícil de uma nova ordem mundial.

AFP |

Em seu discurso, Brown insta os países a "fazer os ajustes necessários para um futuro melhor, estabelecendo as novas normas para uma nova ordem mundial", indicou seu gabinete.

Dados oficiais confirmaram na sexta-feira que a Grã-Bretanha está em recessão.

Dias antes, o goerno havia anunciado um novo plano de resgate bancário para garantir a concessão de créditos no país.

Brown afirma que uma ação global é necessária para uma rápida recuperação da economia.

O premier adverte contra aqueles que, sob o argumento da crise, apostam no protecionismo. "Tal como querem alguns, podemos fechar os mercados - de capital, de serviços financeiros, comerciais e de trabalho - e, assim, reduzir os riscos da globalização", indica.

"Mas", pondera, "isso reduziria o crescimento mundial, nos negaria os benefícios do comércio mundial e mandaria milhões de pessoas para a pobreza".

"Poderíamos ver as ameaças e os desafios que enfrentamos atualmente como o parto difícil de uma nova ordem mundial, e nossa tarefa agora envolve a transição para os benefícios de uma sociedade global em expansão, através de um novo internacionalismo", estima o premier.

Londres sediará a próxima cúpula do G20, o grupo dos principais países industrializados e emergentes do mundo, no dia 2 de abril.

ar/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG