Bruxelas, 14 jul (EFE).- O primeiro-ministro belga, o democrata-cristão flamengo Yves Leterme, apresentará hoje sua renúncia ao rei Alberto II, confirmaram fontes oficiais.

Por trás da decisão de Leterme está o fracasso nas negociações entre flamengos e francófonos para uma nova descentralização no país.

Amanhã expira o prazo que os partidos flamengos, começando pelo do primeiro-ministro - o CD&V -, tinham dado aos francófonos para o alcance de um acordo sobre uma profunda reforma do Estado, sob pena de retirarem seu apoio ao Governo. EFE jms/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.