bárbaros atentados na Indonésia - Mundo - iG" /

Primeiro-ministro australiano condena bárbaros atentados na Indonésia

Sydney (Austrália), 17 jul (EFE).- O primeiro-ministro australiano, Kevin Rudd, condenou hoje os bárbaros atentados cometidos hoje contra dois hotéis de luxo de Jacarta, que deixaram pelo menos nove mortos e 50 feridos.

EFE |

"Este ataque é contra todos nós. Qualquer ataque terrorista é um ato de covardia e de assassinato que viola os princípios fundamentais da decência humana", disse Rudd.

Em 2002, a Austrália perdeu 88 cidadãos entre as 202 pessoas que faleceram nos atentados cometidos na ilha de Bali.

Rudd não esclareceu se o Governo australiano recebeu alguma advertência de seus serviços de inteligência sobre o ocorrido hoje, mas afirmou que australianos e ocidentais sempre se encontram sob ameaça dos extremistas.

O Ministério de Assuntos Exteriores australiano atualizou hoje suas recomendações pedindo a seus cidadãos para que não viajem à Indonésia, em particular à Bali, por temor de que haja novos atentados.

Por enquanto, os ataques foram atribuídos ao grupo radical Jemaah Islamiya, o braço da Al Qaeda no Sudeste Asiático e que cometeu o atentado de Bali em 2002. EFE mg/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG