Primeiro bar gay apoiado pelo Governo é aberto em cidade chinesa

Pequim, 21 dez (EFE).- O primeiro bar de homossexuais apoiado pelas autoridades chinesas foi inaugurado no fim de semana na cidade de Dali, um destino turístico da província sudoeste de Yunnan, informou a agência oficial Xinhua.

EFE |

Estava previsto que o local fosse aberto há três semanas, mas a grande atenção midiática que atraiu o acontecimento levou os donos a adiar a abertura, segundo a imprensa estatal, mas alguns o atribuem a pressões das autoridades.

Finalmente, uma cerimônia discreta marcou o começo das operações do bar no sábado passado com a presença de 60 pessoas, muitos deles membros do grupo gay que viajou a Dali para a ocasião.

Não houve imprensa na cerimônia, na qual foram entregues preservativos aos presentes como parte de uma campanha de conscientização sobre sexo seguro entre o coletivo homossexual.

A campanha se produz depois que o Ministério da Saúde chinês alertou que as relações homossexuais (principalmente entre homens) se transformaram em um das principais vias de transmissão do vírus da aids no país, com 32% do total.

O bar é o primeiro que se reconhece abertamente "para gays" no país, embora seja certo que já existem locais especialmente frequentados por esse coletivo em grandes cidades como Pequim, Xangai e Shenzhen, que abriga uma das maiores comunidades homossexuais do país.

A homossexualidade na China foi durante décadas um tabu, considerada inclusive uma doença psiquiátrica por lei, embora nos últimos anos tem se notado certa abertura - tímida ainda - na atitude do Governo e da sociedade em relação aos gays. EFE abc/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG