Primeiro avião da Geórgia pousa em Moscou desde a guerra

MOSCOU/TBILISI (Reuters) - Um avião fretado da Georgian Airways pousou em Moscou, vindo de Tbilisi, nesta sexta-feira, o primeiro voo direto entre a Geórgia e a Rússia desde a guerra entre os dois países em 2008. A companhia aérea planeja voar para Moscou entre 8 e 10 de janeiro sob um acordo com a Rússia para o período festivo, aumentando as esperanças para a total retomada de voos regulares entre os vizinhos ex-soviéticos.

Reuters |

"A Georgian Airways está pronta para reiniciar voos regulares, mas estamos aguardando a Rússia", disse a porta-voz da empresa a jornalistas, Nino Giorgobian, no aeroporto de Tbilisi antes de o voo A9-1930 decolar com 84 passageiros a bordo.

Passageiros sorridentes, a maioria da Geórgia, foram recebidos por familiares e amigos no aeroporto Domodedovo, em Moscou.

"Espero que esse voo não seja o último", disse o georgiano Zurab Ardanakhishvili.

Não havia sinais, porém, de Tbilisi e Moscou restaurarem as relações diplomáticas, cortadas pela Geórgia em agosto de 2008 após a decisão do Kremlin de reconhecer duas regiões separatistas georgianas da Ossétia do Sul e da Abkházia como Estados independentes.

O reconhecimento provocou cinco dias de guerra.

(Reportagem de Anatoly Titkin e Ekaterine Javakhishvili)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG