Primeiras projeções indicam que Irlanda rejeita o Tratado de Lisboa

Dublin, 13 jun (EFE).- As primeiras estimativas sobre a apuração - que começou hoje - do plebiscito sobre o Tratado de Lisboa, realizado na última quinta-feira na Irlanda, indica um triunfo do não.

EFE |

Segundo informações da "RTE", as primeiras projeções dos observadores que presenciam a abertura das urnas indicam uma vitória do não e, apesar de estas previsões não serem oficiais, normalmente são bons indicadores do número final.

Em quase todas as circunscrições da capital (Dublin) o não obtém 60% dos votos, em comparação ao 40% do sim.

Na circunscrição de Dublin Sul-Leste o não pode ter recebido até 70% dos votos.

A mesma tendência pode ser vista em outras partes do país, como o distrito eleitoral de Limerick-Oeste, onde o não obtém, por enquanto, 59% dos votos e o sim 41%.

Os números são similares no resto das 43 circunscrições da Irlanda e apenas em poucas as duas opções registram porcentagens igualadas, informa a "RTE".

Por outro lado, as duas circunscrições do condado de Kildare (a sudoeste de Dublin) registravam vitórias do sim por uma pequena margem.

Os resultados finais serão anunciados pelo Governo no início da tarde, no Castelo de Dublin, acrescentaram as fontes.

No fechamento dos colégios eleitorais na noite passada, as primeiras previsões sobre a participação dos eleitores se situavam em torno de 40% a 45%, segundo as pesquisas. EFE ja/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG