Primeira vítima fatal da gripe suína nos EUA é um menino mexicano

Washington, 29 abr (EFE).- As autoridades sanitárias dos Estados Unidos informaram hoje que a primeira vítima da gripe suína no país é um menino mexicano de um ano e 11 meses de idade, que morreu em um hospital da cidade de Houston, no estado do Texas.

EFE |

Kathy Barton, porta-voz do Departamento de Saúde e Serviços Humanos do Texas, disse hoje à televisão local que a criança tinha adoecido na cidade de Brownsville, na fronteira com o México, e foi levada a um hospital de Houston.

O diretor interino dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, em inglês), Richard Besser, confirmou a morte do menino na manhã de hoje.

Há uma semana, surgiu a ameaça de uma pandemia no México, até agora o país que mais registrou. Há a suspeita de que 159 mortes tenham sido causadas pela doença em território mexicano.

Até agora casos da gripe suína em humanos foram confirmados em países como México, Espanha, EUA, Canadá, Áustria, Israel, Reino Unido, Alemanha, Costa Rica e Nova Zelândia.

Os afetados pelo vírus da doença apresentam sintomas como aumento repentino da temperatura corporal, tosse, coriza, intensas dores musculares e nas articulações, irritação nos olhos e dor de cabeça.

EFE mla/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG