Belgrado, 2 abr (EFE).- O primeiro contingente de ajuda humanitária da Rússia destinada aos sérvios no Kosovo chegou hoje a Belgrado e será distribuído nos próximos dias em vários enclaves servo-kosovares, informaram as autoridades sérvias.

O ministro sérvio para o Kosovo, Slobodan Samardzic, disse que a ajuda russa é "muito importante para a existência e a permanência dos sérvios" no Kosovo e é um apoio "tanto material quanto moral".

O primeiro contingente desta ajuda humanitária, que consiste em 40 toneladas de alimentos, foi transportado em um avião Il-76 para o aeroporto de Belgrado.

Até o dia 10 deve chegar à capital sérvia um total de 140 toneladas de alimentos, remédios, artigos para higiene e equipamentos para hospitais e outros centros médicos avaliados em US$ 1,7 milhão.

Samardzic disse que não espera haver problemas na distribuição destes artigos, onde a Missão Interina das Nações Unidas para o Kosovo (Unmik) ficará responsável pela ajuda humanitária.

O ministro declarou que "mais de 8.300 famílias sérvias no Kosovo precisam permanentemente deste tipo de ajuda", muitas delas nos enclaves do interior do Kosovo, território povoado pela maioria albanesa que proclamou a independência unilateral em fevereiro.

Os sérvios, que representam 5% da população do Kosovo, não reconhecem esta soberania, rejeitada pela Sérvia, que a considera ilegal e contrária à Carta das Nações Unidas.

A independência do Kosovo foi reconhecida por mais de 30 países, entre eles os Estados Unidos e potências européias como França, Reino Unido e Alemanha, mas não pela Rússia. EFE sn/wr/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.