Primeira parada gay da China atrai 2 mil a Xangai

Xangai (China), 13 jun (EFE).- A primeira festa do Orgulho Gay da China aconteceu hoje na cidade de Xangai, em um ambiente alegre e descontraído e com a esperança de que tenha sido o primeiro passo em direção a algo maior e a vontade de fazer as coisas melhor no ano que vem, afirmaram os organizadores à Agência Efe.

EFE |

Não houve carros alegóricos, como ocorre na maioria das cidades ocidentais, mas as duas mil pessoas que foram hoje a Xangai para celebrar o Orgulho Gay encontraram música, dança, jogos, desfiles de moda e uma cerimônia de casamento, em uma festa que invadiu a noite.

O desfile de hoje foi o fechamento de uma semana de atividades que só teve como incidente a intervenção, na quarta-feira, das autoridades locais, que obrigaram os organizadores a cancelar duas exibições de filmes e uma peça de teatro.

"Honestamente, não sabíamos o que esperar hoje das autoridades, mas não houve nenhum problema e estamos agradecidos por que tudo tenha dado certo", afirmou à Efe Kenneth Tong, membro da associação de lésbicas, gays, bissexuais e transexuais de Xangai.

Hoje, a metade dos presentes à festa era estrangeiros, mas os chineses que compareceram se mostraram "esperançosos" com que o evento possa significar "algo importante" para o futuro. EFE jss/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG