Um homem morreu por causa da gripe suína nos territórios palestinos, convertendo-se na primeira vítima fatal do vírus A (H1N1), anunciou nesta sexta o ministro da Saúde, Fathi Abu Mughli.

A vítima, de 34 anos, morreu na cidade de Ramallah, na Cisjordânia, poucos dias depois de ter sido diagnosticado com o vírus A (H1N1).

Ele teria voltado recentemente de uma peregrinação na Arábia Saudita com fortes sintomas da gripe.

strs/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.