Préval prevê 300 mil mortos após trabalhos de remoção de escombros

Praia del Carmen (México), 21 fev (EFE).- O presidente do Haiti, René Préval, calculou hoje em cerca de 300 mil mortos o resultado do terremoto que assolou seu país no dia 12 de janeiro, uma vez terminados os trabalhos de remoção de escombros.

EFE |

Durante seu discurso na I Cúpula México-Caricom (Comunidade de Países do Caribe), Préval assinalou que o aumento do número de mortos, estabelecido até agora em cerca de 217 mil, poderia subir para 300 mil quando terminarem as tarefas de remoção de escombros das milhares de casas derrubadas.

Também lembrou que há milhares de pessoas sem teto e sem emprego que precisam de ajuda internacional não só para a reconstrução de suas casas, mas para reabilitar uma economia que também foi devastada e gerar assim postos de trabalho.

A coordenação das ajudas ao Haiti a curto, médio e longo prazo foi debatida na cúpula também será abordada na Cúpula da Unidade, que reunirá a partir de amanhã representantes de 32 países da América Latina e do Caribe na Praia del Carmen, na Riviera Maya mexicana. EFE asc/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG