Préval assegura que a comunidade internacional confia em seu Governo

Paris, 2 fev (EFE).- O presidente do Haiti, René Préval, afirmou que a comunidade internacional confia em seu Governo e em sua gestão do dinheiro que está sendo enviado ao país caribenho para ajudar os desabrigados pelo forte terremoto do dia 12 de janeiro.

EFE |

"A comunidade internacional tem confiança (no Governo haitiano)? Sim. A prova são as transferências diretas ao orçamento da República feitas pelas principais organizações internacionais", disse Préval em entrevista publicada hoje pelo jornal francês "Le Monde".

O presidente haitiano acrescentou que, se não houvesse essa confiança, entidades como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Banco Mundial (BM) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) "não deixariam a gestão de milhões de dólares ao Governo haitiano".

Sobre os temores de alguns em relação ao possível desvio de fundos da assistência internacional por parte do Governo haitiano, Préval disse que seu governo "trata de definir as prioridades, mas não administrar a ajuda".

Quem está cumprindo esse papel, acrescenta, são a Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID, na sigla em inglês) e a equivalente canadense ACDI, enquanto a ajuda das Nações Unidas é gerenciada pela Cruz Vermelha e o Programa Mundial de Alimentos (PAM).

Ao ser perguntado concretamente pelas dúvidas levantadas pela ONG Transparência Internacional em relação a um suposto desvio de fundos, Préval ressaltou que essa organização "expressou sua percepção da corrupção, não a realidade dela".

"Fiz da batalha contra a corrupção uma prioridade", disse o governante, acrescentando que, "levando-se em conta a atual fraqueza da administração haitiana, não vamos negar que haja possibilidades de corrupção".

É uma luta "que devemos pôr em prática com todos os meios que temos", afirmou.

Préval reconheceu ainda que o trabalho de coordenação da ajuda internacional não existia a princípio, mas que, pouco a pouco, as diversas agências foram tomando conta dessa função. EFE.

pi/id

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG