Presos supostos responsáveis por série de atentados em Bagdá

BAGDÁ - As autoridades iraquianas anunciaram, nesta sexta-feira, a detenção de vários supostos responsáveis pela série de atentados que causou dezenas de mortes e deixou centenas de feridos na quarta-feira, em Bagdá.

EFE |


Segundo o porta-voz do comando de operações de segurança de Bagdá, Qasem Ata, que não deu detalhes sobre o número de detidos, o dissolvido partido Baath, que monopolizava a política durante o regime de Saddam Hussein, é o principal responsável pela execução e preparação dos atentados.

Ata também disse que o número definitivo de vítimas é de 87 mortos (8 a menos que os 95 anunciados anteriormente) e 1.203 feridos, o dobro do divulgado.

Além disso, afirmou que os dois caminhões bomba utilizados nos ataques simultâneos, um dirigido contra o Ministério de Exteriores e o segundo contra o de Finanças, eram dirigidos por suicidas.

Segundo Ata, o veículo que explodiu contra a sede do Ministério de Finanças da capital iraquiana estava carregado com 1.500 quilos de explosivos e o outro levava uma carga de duas toneladas.

Além disso, Ata criticou as forças de segurança, as acusou de terem cometido uma clara negligência e anunciou a detenção de 11 oficiais que estão sendo interrogados para esclarecer o ocorrido.

Este anúncio foi feito em paralelo à realização de uma reunião parlamentar de emergência, sobre a necessidade de revisar completamente a estratégia atual de segurança no Iraque.

Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: atentadoiraquesegurança

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG