Presos roubam US$ 8.500 de outro em penitenciária na Bolívia

La Paz, 31 jul (EFE).- Pelo menos cinco presos da penitenciária de São Pedro de La Paz roubaram objetos e dinheiro no valor de 60 mil bolivianos (US$ 8.

EFE |

500) de outro da mesma prisão, denunciou hoje a advogada da suposta vítima, Verónica Rivero.

O roubo aconteceu na cela do preso Ángelo Gutiérrez Paz e os ladrões roubaram 25 mil bolivianos (US$ 3.500) em dinheiro e o resto do valor em bens materiais.

Gutiérrez, culpado de assassinato e que cumpre pena na prisão de São Pedro há dez anos, tinha recebido dinheiro através do aluguel de eletrodomésticos para outros prisioneiros.

"Tinha oito televisores de diferentes tamanhos, um refrigerador grande, um computador e equipamentos de som", disse a advogada.

Segundo Verónica, os supostos culpados leiloaram os eletrodomésticos entre os internos da prisão.

A advogada anunciou que abrirá um processo penal contra os ladrões, uma queixa à qual se uniu o governador de São Pedro, o coronel José Cabrera, segundo a cadeia televisiva "ATB".

No entanto, um dos acusados foi colocado em liberdade esta semana, o que dificulta seu julgamento no caso.

A prisão de São Pedro de La Paz tem regime aberto e, por isso, não conta com vigilância policial no interior e quase todas as suas celas foram transformadas praticamente em residências cômodas que dependem da capacidade econômica de cada prisioneiro. EFE vs/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG